Bancos cometem abusos com consumidores distraídos

11/02/2020

Envio de cartão de crédito sem autorização, aumento do limite do cheque especial e juros excessivos são algumas práticas abusivas adotadas comumente por instituições financeiras. Saiba como se prevenir

Recentemente, um levantamento feito em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) trouxe um dado muito assustador: quase metade (48%) dos consumidores brasileiros não controla o orçamento.

E essa desatenção em relação à vida financeira é um dos grandes motivos pelos quais muitos bancos e instituições financeiras cobram taxas abusivas sem nem ao menos contatar o cliente. Muitas pessoas têm seu limite do cartão de crédito aumentado sem solicitar o serviço ao banco, por exemplo. Geralmente, a prática acontece justamente porque o cliente não tem controle das finanças e, por isso, acaba nem percebendo. Muitos até percebem, mas não reclamam e depois acabam usando o novo limite e adquirem uma nova dívida.

Cátia Vita, advogada especialista em direito do consumidor, explica que “é muito importante acompanhar o que está sendo cobrado. E, caso você note qualquer cobrança estranha, entre imediatamente em contato com a administradora. Quando fizer isso, anote os números de protocolos, pois se não tiver êxito na reclamação, você terá conteúdo probatório suficiente para ingressar com ação no Judiciário”.

Ter um planejamento financeiro é o primeiro passo para quem quer equilibrar as finanças e constatar possíveis abusos de bancos. E, entre as principais atividades que envolvem a organização dos gastos, está a de monitorar o extrato bancário. Ao consultar o documento, é importante observar toda movimentação de entrada e saída de dinheiro da conta bancária. Além disso, é crucial observar e entender as taxas cobradas pela instituição financeira.

Hoje em dia existem diversas formas para consultar o extrato bancário: pelo caixa eletrônico, pela internet e pelo telefone. Assim, é importante checar com frequência o extrato bancário não apenas para controle financeiro, mas também para evitar possíveis fraudes.

Cátia ainda enfatiza que é preciso buscar seus direitos e deixa dicas que podem salvar o orçamento: “para que você não tenha problemas, minha sugestão é que evite ao máximo usar o cartão de crédito e não se iluda com aumentos de limites e possibilidade de empréstimos para comprar o que não precisa. É importante também consultar periodicamente os extratos bancários e observar todas as movimentações que são feitas. Fique atento para não cair em armadilhas.”


      Ana Carolina Cury / Arte: Édi Edson

0 Comentários

Adicione um comentário

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


POSITIVA

A RÁDIO QUE TOCA

Peça Sua Música

Name:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

01.

Anderson Freire

MEU HOSPITAL

02.

Bruna Karla

Advogado Fiel

03.

Aline Barros

Casa do pai

04.

Adilson silva

Deus acima de tudo

05.

Marcello Brayner

AMIGO VERDADEIRO